(62) 3238-1100 contato@hmap.org.br
Escolha uma Página

O exame realizado nos colaboradores do HMAP é  um teste de biologia molecular. Nele, uma amostra de secreção nasal e da garganta do paciente é levada ao laboratório para uma busca minuciosa pelo material genético do Sars-Cov-2. Considerado o teste padrão para a Covid-19 no país e no mundo, o ensaio molecular dificilmente apresenta falsos negativos. Ele pode detectar a infecção em mínimas quantidades de material genético do vírus, mesmo quando a carga viral do paciente é baixa.

De acordo com o Diretor Técnico da unidade de saúde, Sérgio Vêncio, os testes foram disponibilizados pela secretaria Municipal de Saúde de Aparecida de Goiânia. “A realização do teste é importante, pois traz segurança para o profissional. Se der positivo o colaborador será afastado e monitorado e se der negativo o colaborador trabalha com mais segurança. Fazer essa testagem é a única forma de sabermos qual a situação do profissional de saúde, visto que, muitos trabalham em vários locais”, explica.

A superintendente-executiva do Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH), Organização Social que faz a gestão do HMAP, Lázara Mundin, disse que essa ação junto com a SMS de Aparecida de Goiânia é uma demonstração de cuidado para com os colaboradores e uma estratégia para barrar o avanço do novo Coronavírus. “Precisamos ter foco em nossos colaboradores que são a linha de frente nos serviços de saúde que prestamos à população de Aparecida. Garantir a manutenção plena dos serviços será a forma mais eficaz de combater essa crise e manter a excelência que tem sido a marca do HMAP”, frisa.

Essa matéria foi originalmente publicada no Portal Diário de Aparecida.