(62) 3238-1100 contato@hmap.org.br
Escolha uma Página

O Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP) recebeu nesta sexta-feira, 22, uma doação de 13 Kits de higiene pessoal da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) para os pacientes do Amazonas que estão recebendo tratamento contra a Covid -19 na unidade.

Cada kit é composto por toalha, sabonete, barbeador, shampoo, creme hidratantes, escova e pasta de dente. Além dos produtos de higiene, cada conjunto contém uma carta assinada pelo governador Ronaldo Caiado e pela primeira-dama Gracinha Caiado. “O Governo de Goiás e a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) prepararam esse Kit de cuidados básicos com muito carinho para que sua estadia em Goiás seja a mais confortável possível. Para nós, é uma honra receber nossos irmãos amazonenses e poder oferecer ajuda neste momento difícil. Esperamos vê-lo recuperado em breve e que possa retornar com saúde aos seus familiares e entes queridos”.

O coordenador de humanização do HMAP, Renan Mamedes, agradeceu a ação e disse que a iniciativa significa a união de esforços para superar a pandemia. “Temos muita gratidão por gestos como esse. Essas doações são atos de solidariedade, reforçam a ideia do cuidado humanizado e mostra que todos estão comprometidos com o bem-estar dos nossos pacientes. Muito obrigado à Organização das Voluntárias de Goiás”, comentou.

O HMAP recebeu 14 pacientes (8 homens e 6 mulheres) para tratamento da Covid-19 na última terça-feira, seis pacientes estão internados na enfermaria e oito estão na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Todos estão isolados dos pacientes locais e sendo tratados por equipes exclusivas.

Referência no Tratamento da Covid-19

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, o Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP) tornou-se referência no tratamento de pacientes infectados pela Covid-19 e hoje é um dos hospitais modelos em Goiás.

A unidade possui 60 Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) que estão dispostos em duas salas que atendem protocolos de isolamento. 60 leitos de semi-UTI, todos com pontos de oxigênio, se localizam em uma ala isolada das demais.