(62) 3238-1100 contato@hmap.org.br
Escolha uma Página

No Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP) o que não faltam são histórias de gratidão aos médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e todo o quadro de colaboradores que compõem a unidade de saúde. Um desses casos é o da Ana Célia, de 48 anos, que ficou internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por quatro dias.

Nesta quarta-feira, 15, todo esse reconhecimento chegou até a equipe da UTI como gratidão pelo tratamento recebido, carinho, dedicação e desempenho dos profissionais da unidade. Para agradecer toda equipe, a filha de Ana Célia, Rafaela escreveu uma carta e os presenteou com uma cesta de chocolate.

“Para todos os profissionais que ajudaram a minha mãe a se recuperar, envio todas essas guloseimas em forma de agradecimento. Sei que é muito difícil lidar todos os dias com vidas, com pessoas que estão com algum problema de saúde, e muitos ainda não reconhecem todo esse esforço. Deus há de recompensar cada um de você. Serei grata, pois todos cuidaram tão bem da minha rainha. Aproveitem cada doce para adoçar a vida de vocês”, escreveu Rafaela.

O atendimento humanizado praticado no HMAP está inserido em todas as áreas de atuação da unidade. A presença da família, o cuidado qualificado, a escuta das necessidades dos pacientes, o apoio técnico e a atenção dada a cada um, bem como aos familiares, são elementos que favorecem o tratamento.

Para a psicóloga Taís Gaudart, esse reconhecimento é importante, principalmente neste momento de pandemia. “Ações como essa surgem como uma renovação. A gente se sente renovado, com gás e com vontade de fazer mais e melhor pelos pacientes e familiares. Me senti privilegiada hoje, pois ela chegou procurando por mim e me deu a carta e a cesta para dividir com os outros profissionais da equipe. Fique muito feliz”, relata a profissional.