(62) 3238-1100 contato@hmap.org.br
Escolha uma Página

O Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP) comemorou nesta quarta-feira, 6, um ano da inauguração da Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica (UTI) e da Clínica Médica Pediátrica da Unidade. Para celebrar a data, foi montado um mural ilustrativo no posto de enfermagem da clínica.

De acordo com a coordenadora de enfermagem da UTI Pediátrica do HMAP, Sheila Paulette Borges, em um ano de funcionamento a UTI atendeu 267 crianças de Aparecida e municípios da região. “É motivo de muita alegria! Só de saber que em Aparecida tem uma UTI pediátrica que, inclusive, já atendeu crianças de outros Estados. Nós trabalhamos com uma equipe multidisciplinar e atendimento humanizado. Todas as crianças internadas são acompanhadas pelos pais, esse acompanhamento pode ser 24 horas por dia”, explica.

Sheila ressalta ainda que o atendimento humanizado, com a presença dos pais, auxilia no tratamento das crianças. “Com os pais ao lado, as crianças ficam mais seguras. E nós percebemos resultados mais eficazes no tratamento, a evolução é muito maior com a presença da família. O HMAP valoriza a importância da presença e da participação da família no processo de recuperação da saúde da criança”, afirma.

A estrutura do HMAP

Na clínica pediátrica foram 1308 atendimentos durante esses 12 meses. De acordo com o coordenador da clínica, Bruno Fernandes de Melo, a ala conta com 31 leitos de enfermarias, todos equipados com ar condicionado, televisão, cama e berços.

“Nós também temos um refeitório e uma brinquedoteca onde é possível proporcionar às crianças um ambiente de descontração. Nossa equipe multidisciplinar é preparada para oferecer aos pacientes o melhor atendimento possível. Somos referência em Aparecida de Goiânia e as cidades pactuadas com a Secretaria Municipal de Saúde do município”, avalia o coordenador.

O Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP) é uma unidade de alta complexidade e conta com Unidade de Terapia Intensiva Adulta e Pediátrica.

Conta com 60 leitos de Clínica Médica Adulto e 30 leitos de Clínica Médica Pediátrica; 10 leitos de Clínica Cirúrgica; 10 leitos de Terapia Intensiva Pediátrica; 20 leitos de Terapia Intensiva Adulta e 23 leitos de retaguarda, entre observação, recuperação anestésica, sala vermelha e amarela.

Essa matéria foi originalmente publicada no Portal Diário da Manhã.