(62) 3998-9600 contato@hmap.org.br
Escolha uma Página

Alunos do internato de duas faculdades de Medicina vão cumprir estágio na unidade. Eles ressaltam a qualidade das instalações e protocolos como fundamentais no aprendizado.

O Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP) recebeu, na última segunda-feira, a primeira turma de alunos para o internato, etapa crucial na formação acadêmica de futuros médicos. A unidade foi escolhida para fazer parte do circuito de formação da Universidade de Rio Verde e da Faculdade Morgana Potrich (Famp), de Mineiros.

A unidade foi escolhida por ter grande potencial de aprendizado e por apresentar uma das melhores e mais modernas instalações de hospitais públicos do Centro Oeste. Os acadêmicos de Medicina do quinto e sexto anos cumprem uma agenda de internação em uma unidade hospitalar acompanhando toda a rotina do hospital, como ambulatório, centro cirúrgico, enfermarias e até Unidades de Terapia Intensiva, inclusive na pediatria.

Segundo a diretora-geral do HMAP, Lázara Mundin, o processo de se tornar internato de futuros médicos é de fundamental importância para uma unidade hospitalar porque atesta a qualidade dos serviços desenvolvidos. “Queremos mostrar a excelência do trabalho hospitalar que queremos praticar aqui e que isso sirva de suporte para uma sólida formação dos futuros médicos”, frisou.

Para a médica Fernanda Rassi Alvarenga, professora da UniRV, a escolha do HMAP para ser parte do processo de formação dos alunos é importante e facilita muito o aprendizado. “Primeiro porque é um hospital inserido no próprio município onde está o curso e para os alunos aprenderem dentro de um cenário onde eles estudem. Sem falar na estrutura disponibilizada. É, sem dúvida, uma oportunidade única que estamos vivendo e isso vai render muitos frutos para nossos alunos.”

O estudante de Medicina Túlio César Paiva Araújo, da UniRV, natural de Itapaci, que está em Goiânia há cinco anos, considera uma chance muito grande de aprender mais no HMAP. Ele ressaltou ter ficado impressionado com a estrutura do hospital e com a complexidade do que terão para aprender em uma unidade como essa. “Tudo muito
organizado, moderno e bem equipado. Até hoje, é de longe o melhor hospital pelo qual passei”.

Acadêmica de Medicina da Famp, Faculdade de Mineiros, Neide Kelly Gonçalves saiu de Faina em busca do
sonho de ser médica. Ela conta que gostou muito do que viu e está esperando com grande expectativa o aprendizado que poderá ter no HMAP. “É muito grande, bonito e organizado. Creio que vamos aprender muito aqui.”

Matéria produzida e publicada por Jornal de Aparecida